Anterior

Procuradora-geral aposenta promotor que defendeu médico condenado por abuso

28/12/2021

Anterior

Próxima

INÉDITO: Prefeito de Altos cancela pagamento de dívida do primeiro ano de mandato por meio de decreto

29/12/2021

Próxima
29/12/2021 - 14:26
Prefeito de Alto Longá pagará abono a professores abaixo do esperado e categoria promete reação

Em Alto Longá professores foram surpreendidos com uma lei do prefeito Henrique Cesar (Lei nº 013/2021) com valores no mínimo estranhos. Segundo o decreto, professores 20 horas receberão apenas R$ 1.000 (mil reais) e professores 40 horas pasmem receberão apenas R$ 250 reais a mais.
 Foto: TV E PORTAL O JORNAL 

Prefeito de Alto Longá Henrique Cesar

 

Enquanto municípios do entorno da região de Altos estão pagando o abono salarial do FUNDEB a seus professores com a parcela dos 70% do recurso em caixa que compõe a sobra anual, em Alto Longá professores foram surpreendidos com uma lei do prefeito Henrique César (Lei nº 013/2021) com valores no mínimo estranhos. Segundo o decreto, professores 20 horas receberão apenas R$ 1.000 (mil reais) e professores 40 horas, pasmem, receberão apenas R$ 250 reais a mais.

Segundo a professora Emília Reis, docente daquele munícipio, o decreto é estranho, pois além das cifras serem muito abaixo do esperado, o prefeito Henrique César não mostrou os valores em conta para os professores. Outra situação no mínimo estranha são que os valores são arredondados quanto que em outras prefeituras e no próprio Estado, as cifras não são redondas, comportando inclusive frações de centavos.

Em protocolo ainda datado 10 de dezembro de 2021, a presidente do Sindicato dos Servidores Municipais daquele município, professora Antônia Cynara, solicitou dados à respeito dos repasses do FUNDEB, no ano de 2021 do município de Alto Longá, bem como os pagamentos feitos com o recurso federal e a sobra em caixa que seria usada para o pagamento do abono em dezembro, o pedido foi recebido pelos assessores do prefeito Henrique César; porém, nunca foi respondido.

O prefeito e sua turma parecem fazer o que querem em Alto Longá, pensa em dar legalidade a possíveis atos falhos de sua gestão apenas por mandar publicar uma lei feita às pressas com valor que ele mesmo acha conveniente pagar aos professores, sem demonstrar a devida transparência.

Os professores do município estão indignados e prometem se mobilizar para acionar o Ministério Público e a justiça para que o prefeito Henrique César apresente os dados contábeis do FUNDEB. Essa não é a primeira vez que o prefeito de Alto Longá se vê envolvido em escândalos judiciais, em uma dessas o prefeito Henrique César é investigado por contratos sem licitação onde a justiça aponta prejuízo aos cofres públicos de Alto Longá e da prefeitura daquele município.

A reportagem tentou contato com o prefeito; porém, não obteve retorno.

 

 



Veja mais fotos:




Link:




Deixe seu comentário



Vídeo


Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.