Anterior

Prefeito de Coivaras é pressionado a exonerar a secretária de saúde do município

12/05/2020

Anterior

Próxima

Sobe para 15 o número de infectados por covid 19 em Altos

12/05/2020

Próxima
12/05/2020 - 20:21
DENÚNCIA: Repercussão de matéria sobre exoneração da secretária Edmê, termina por revelar o descaso da saúde na cidade de Coivaras

O problema é que a mãe de Luís Furtado, uma idosa de 80 anos, sofre de artrose e osteoporose e precisa de acompanhamento médico, inclusive realizar sessões de fisioterapia, ao procurar ajuda no serviço de saúde da cidade, o serviço de saúde se negou à tender dizendo que só estão atendendo casos de urgências.
 Foto: TV E PORTAL O JORNAL 

A imagem do texo da denúncia

 

Em meio a repercussão de uma matéria veiculada pelo site TV e Portal O Jornal, onde dar conta do desejo por parte de parlamentares da cidade de Coivaras pela saída de Edmê Freitas do cargo de secretária de saúde do município, na tarde desta terça feira dia 12 de maio de 2020, uma denúncia evidencia o descaso com a saúde da cidade.

Em meio a diversas mensagens, surgiu uma grave denúncia que evidencia o tamanho do descaso com a saúde pública de Coivaras.

De acordo com o senhor Luís Lima Furtado, natural da cidade de Coivaras, a mãe dele de 80 anos, cujo nome não foi revelado, quebrou o braço, foi levada para Campo Maior, onde foi feito todos os procedimentos.

O problema é que a mãe de Luís Furtado, uma idosa de 80 anos, sofre de artrose e osteoporose e precisa de acompanhamento médico, inclusive realizar sessões de fisioterapia, ao procurar ajuda no serviço de saúde da cidade, o serviço de saúde se negou à tender dizendo que só estão atendendo casos de urgências.

Segundo Luís Lima Furtado, o acompanhamento médico, com as sessões de fisioterapia foi recomendado pelo médico ortopedista, sobre pena da aposentada de 80 anos perder o braço.

Coivaras mesmo já com 02 casos confirmados da covid 19, não possui demanda aponto de recusar paciente, mesmo porque os pacientes graves ou que precisam de internação da covid 19 não ficam na cidade, o pretexto de só atender urgência não condiz com os preceitos de uma Unidade Básica de Saúde.

A grave denúncia foi feita no grupo de Whatsaap, denominado NOTÍCIÁRIO I – COIVARAS, cuja responsável pelo grupo é a senhora Etemara, é um dos primeiros grupos de Whatsaaps da cidade de Coivaras e vem contribuindo para o debate político econômico e sociocultural. (A redação)

 

VEJA NA ÍNTEGRA A DENÚNCIA DO INTERNALTA

 

Minha mãe e de Coivaras

Tem 80 anos

Quebrou o braço foi feito todo procedimento em Campo Maior.

Como ela tem artrose e osteoporose está rejeitando e como se ela tivesse feito um implante

Mesmo com risco trouxemos ela aqui no ortopedista que foi feito todos os exames

Ela foi medicada e precisa fazer fisioterapia pra não perder o braço

Liguei ontem pra o posto de saúde de Coivaras e fui informado que só estão atendendo urgência.

Ela precisar fazer fisioterapia ou perde o braço

Isso não é uma urgência

Alguém pôde ajudar pós acho que posso ter falado com a pessoa errada

Por gentileza alguém nos ajude

 



Veja mais fotos:




Link:




Deixe seu comentário



Vídeo


Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.