Anterior

FESTEJOS DE SANTA LUZIA: centenas de Vaqueiros da região participam em Coivaras de festa de encerramento das atividades religiosas

13/12/2021

Anterior

Próxima

AHMOCAMPI divulga o nome de dois novos acadêmicos

15/12/2021

Próxima
15/12/2021 - 11:43
Francesa com certificado de vacinação falso morre de Covid no hospital e revolta médicos

Mulher de 57 anos morreu no início de dezembro e tinha comprado certificado falso meses antes. Revelado neste sábado pela imprensa local, caso revoltou os médicos; eles acreditam que poderiam ter salvado a paciente se soubessem que ela não era vacinada.
 Foto: Google 

Imagem Ilustrativa

Uma mulher de 57 anos, sem nenhum fator de risco, morreu em decorrência de uma forma grave da Covid-19 no início de dezembro, em um hospital da região parisiense. Ela tinha comprado um certificado falso de vacinação anti-Covid alguns meses antes. O caso, revelado neste sábado (11) pela imprensa francesa, revoltou os médicos. Eles acreditam que poderiam ter salvado a paciente se soubessem que ela não era vacinada.

 

A dona de casa, que não tinha nenhuma comorbidade, foi internada no hospital Raymond-Poincaré, de Garches, com sintomas leves de Covid. Ela garantiu que era vacinada e apresentou um certificado de vacinação no momento da internação.

O documento era falso. O atestado, comprado por ela de um médico em agosto, levou a equipe médica a não adotar a tempo o tratamento adequado contra a Covid para pacientes não vacinados. Seu estado de saúde piorou rapidamente e ela morreu em 10 de dezembro, explicou o hospital.

“Espero que que essa história muito triste impacte as pessoas que andam por aí com um certificado falso e os colegas que emitem certificados falsos”, declarou à rádio France Info, o médico Djillali Annane, diretor da UTI do hospital



Veja mais fotos:




Link:




Deixe seu comentário



Vídeo


Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.