Anterior

OPERAÇÃO CANDEEIRO, é deflagrada pela PM de Altos, em parceria com outros órgãos

07/09/2020

Anterior

Próxima

DIVULGAÇÃO DE PESQUISA FRAUDULENTA É SUSPENSA PELO TRE EM ALTOS

08/09/2020

Próxima
07/09/2020 - 22:17
Pré-candidatos com poucos desempenhos eleitorais, apelam na tentativa de manipular o eleitor com pesquisa maquiada

O motivo da prisão segundo a nota, o Instituto Credibilidade, estaria vendendo resultados de pesquisas manipuladas por vários municípios do estado do Piauí, e inclusive nas pesquisas registradas junto a Justiça Eleitoral. Fabricando números em outros casos, em pesquisas que sequer são realizadas no estado.
 Foto: Google 

Ministério Público

 

É comum em período pré-eleitoral, ver candidatos que possui pouca expressão eleitoral e muita rejeição, encomendarem pesquisas, onde os números são manipulados.

Essa é uma tentativa que vem sendo frustrada por pré-candidatos que usam deste expediente e alguns institutos já estão na mira da justiça e especialmente do Ministério Público.

É o caso do Instituto Credibilidade, que de acordo com publicações do Jornalista e apresentador Silas Freire, datada de março deste ano de 2020, portanto a cerca de 05 meses atrás, o Ministério Público havia pedido a prisão dos donos do instituto.

O motivo da prisão segundo a nota, o Instituto Credibilidade, estaria vendendo resultados de pesquisas manipuladas por vários municípios do estado do Piauí, e inclusive nas pesquisas registradas junto a Justiça Eleitoral. Fabricando números em outros casos, em pesquisas que sequer são realizadas no estado.

A nota ainda diz, que o Instituto Credibilidade, já é um velho conhecido dos políticos, como o Instituto que “levanta” candidato defunto em pesquisa.

 

VEJA A NOTA DO APRESENTADOR SILAS FREIRE NA ÍNTEGRA

 

Ministério Público pede a prisão dos donos do Instituto Credibilidade

 

A coluna tomou conhecimento que chega nesta segunda (09) na Justiça, o pedido de prisão por parte do Ministério Público, desfavorável ao indivíduo identificado como Celso, de seu sócio e estatístico responsável pelo Instituto de Pesquisas Credibilidade, com sede em Teresina. Segundo fonte da coluna, as autoridades teriam farto material que o Instituto estaria vendendo resultados de pesquisas manipuladas no estado do Piauí, inclusive naquelas registradas na Justiça Eleitoral, e fabricando números em outros casos, em pesquisas que sequer são realizadas no estado. Esse Instituto já é um velho conhecido dos políticos, como o Instituto que “levanta” candidato defunto em pesquisa.

Ublicado  em

Por  Silas Freire

 

Com um histórico desse, qualquer pessoa que se prese não dará importância a nenhuma sondagem feita por um instituto assim. Isso é uma tentativa de alterar a vontade popular, ferindo a democracia. (A redação)

 

 



Veja mais fotos:




Link:




Deixe seu comentário



Vídeo


Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.