Próxima

APROCURA DA FAMILIA: Mulher da cidade de Codó Maranhão, procura a redação de O Jornal em busca de paradeiro da família que mora no Piauí

25/05/2018

Próxima
24/05/2018 - 09:15
Caminhada marca Dia de Combate à Exploração de Crianças e Adolescentes em Altos

Nesta sexta-feira (18), de maio uma caminhada em homenagem ao Dia Nacional de Combate à Exploração de Crianças e Adolescentes. Com o lema “Esquecer é permitir, lembrar é combater”, a caminhada foi organizada pela Prefeitura, em parceria com o Conselho Tutelar, CRAS, CREAS e demais órgãos ligados à juventude do município.
 Foto: PMA ALTOS 

Prefeita de Altos Patrícia Leal

Caminhada marca Dia de Combate à Exploração de Crianças e Adolescentes em Altos

 Estudantes de rede pública de ensino de Altos participaram, nesta sexta-feira (18), de uma caminhada em homenagem ao Dia Nacional de Combate à Exploração de Crianças e Adolescentes. Com o lema “Esquecer é permitir, lembrar é combater”, a caminhada foi organizada pela Prefeitura, em parceria com o Conselho Tutelar, CRAS, CREAS e demais órgãos ligados à juventude do município.

A prefeita de Altos, Patrícia Leal, participou da caminhada e destacou que o combate à violência sexual de menores precisa ser um trabalho coletivo. “Assim como essa caminhada, onde temos vários órgãos, entidades, estudantes e a população em geral, precisamos manter essa união, essa construção coletiva de uma sociedade que respeita sua juventude”, frisa.

 A secretária municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania, Fátima Barreto, explica que “a caminhada é a culminância de uma série de ações que realizamos no combate à exploração sexual de nossas crianças e adolescentes. É um trabalho contínuo, que merece total atenção do Poder Público.Também participou da caminhada o promotor de Justiça Paulo Rubens Parente Rebouças, titular da Promotoria de Altos.

 Sobre o Dia

 No dia 18 de maio de 1973, uma menina de oito anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espirito Santo. Seu corpo apareceu seis dias depois carbonizado e os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos. A data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000.



Veja mais fotos:




Link:




Deixe seu comentário



Vídeo


Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.